Postagens populares

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Conversa de Poeta!




Dê uma idéia. Dê um gosto
Dê um renovo. Dê um desejo exposto...
Dê um amar silente em um momento
Nasce o Poeta!

Que em conversa...
Se ‘desconversa’.

No verso do reverso
Da rima ritmada com asas de balada

Encontra-se o coração “Poeta”!

Que em seu desalento.
Em expor seu belo sentimento...

Traz-nos... Uma doce...
*Conversa de Poeta*

F.G.

Nenhum comentário:

Postar um comentário