Postagens populares

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Almas


Almas como a minha
Sonham sem asas
Amam sem poder amar
Desejam sem intencionar

Não a uma luz
Apenas um sentir
Intenso e imensurável
Que nos prende na corrente...

E assim amamos
Silenciosamente...
Amedrontada (mente)...
Amamos sem poder amar.

F.G.

Nenhum comentário:

Postar um comentário